Bloco da Democracia leva à rua samba, folia e reflexão

 “Com trabalho e humildade vamos unir o nosso povo e lutar por liberdade”, cantou o folião, atrás do trio elétrico

Quem curte a folia de Momo, viu. Depois de longo jejum sem o repique dos pandeiros carnavalescos, Cubatão colocou o Bloco da Democracia na rua. E a alegria voltou em boa hora, para festejar a liberdade e o triunfo das instituições democráticas contra a ameaça fascista que assombrou o país nos últimos quatro anos. Desfilando pela primeira vez, o Bloco da Democracia é uma iniciativa da Frente Ampla Cubatão, que reúne diversos partidos políticos, sindicatos e movimentos sociais da Cidade, unidos na defesa do Estado Democrático de Direito.

No trajeto por ruas da Vila Nova, o Bloco teve direito à marchinha oficial, apresentação de Maracatu de Baque Virado, com o grupo Zabelê e à roda de samba na apoteose, na Avenida das Nações Unidas. No seu ano de estreia, o cortejo festivo selou a terça-feira de carnaval, (21/02), arrastando cerca de 200 foliões. Apesar da festa, o Bloco foi uma resposta da sociedade cubatense aos atos de vandalismo praticados no dia 08 de janeiro, contra as sedes dos Três Poderes, em Brasília, (DF).

“Foi um sucesso!”, comemora o comerciante Kokinho Guerreiro. “Ano que vem tem mais”, avisa a procuradora municipal Paula Ravanelli – dois dos organizadores do Bloco. Muito elogiado pelo grau de organização, o evento contou com apoio do Sindicato dos Petroleiros, Sindicato dos Portuários, APEOESP, Sindicato dos Professores Municipais de Cubatão, Sindicato dos Promotores de Venda, SindLimpeza e Siemaco de Santos. O Bloco da Democracia foi inscrito no carnaval de rua da Prefeitura, que franqueou trio elétrico, banheiros químicos, apoio da CMT, Guarda Civil e Polícia Militar.

 

VEJA AS IMAGENS:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × 2 =