Presidente do Sindcomerciarios Ricardo Pathat e o vice Gonzaga defendem a empresa Racista Unilever em audiência


O Presidente Ricardo Pathat e o vice Gonzaga do Sindcomerciarios foi até a audiência virtual do Ministério do Trabalho para defender a empresa Unilever nas denúncias de assédio moral e racismo.
Ele defendeu a empresa, concordando com suas atitudes e ainda tirou crédito do Sindicato SINDPRODEM, dizendo que esse sindicato não representava verdadeiramente os trabalhadores.
Para quem não sabe, a empresa UNILEVER demitiu um funcionário filiado ao sindicato SINDPRODEM, o que por lei é ilegal e ainda teve atitudes racista com o mesmo.

Unilever está envolvida em vários caso de racismo

A Unilever é dona de diversas marcas no mundo, e um delas esteve recentemente envolvida num caso de racismo. A marca Dove, de produtos de higiene e beleza, veiculou uma propaganda onde mulheres negras se tornavam brancas após usar produtos Dove, associando ser negro à sujeira e feiúra.

Ação na Justiça
O Sindicato entrou com uma ação na justiça contra a empresa. A ideia é garantir na Justiça o fim do assédio moral racismo praticado pela empresa. Como parte da mobilização contra a iniciativa da UNILEVER, o Sindprodem realizou um ato em frente da empresa, na sexta-feira 30/07. O objetivo da manifestação era chamar a atenção da direção para os problemas enfrentados pelos trabalhadores.

Um pedido de desculpas só não basta.
A UNILEVER precisa urgentemente se livrar das cabeças racistas — conscientes ou não — que comandam sua publicidade.
Porque do jeito que está, não dá mais para continuar. Não mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 6 =