Mondelez prática assédio moral e humilhação, e perseguição a dirigente sindical

Vários funcionários apresentaram denúncia de assédio moral ao SINDPRODEM contra a empresa MONDELÉZ BRASIL, utilizaram as redes sociais para denunciar situações de assédio moral ocorridas no interior da EMPRESA e contaram que foram vítimas de humilhações na jornada de trabalho e que um funcionário acabou demitido.

De acordo com os relatos, um dos gerentes do supermercado tem como prática ofender os funcionários e dificultar o trabalho dos colaboradores.

Produtos fabricados e comercializados pela Mondelez

“O SINDPRODEM não admite que o trabalhador sofra assédio moral. As duras condições do trabalhador já o agridem diariamente, por isso a ação deve ser imediata”, aponta Luiz Santos Souza.

Em pedido feito por email à MONDELEZ, a direção do sindicato solicitou a apuração dos fatos e que seja adotadas as medídas cabíveis para que isso não aconteça, e o mesmo foi respondido com o seguinte email:

Olá boa tarde!

Segue resposta do setor jurídico da empresa com relação a notificação enviada.

“O ofício encaminhado pelo sindicato postula a reintegração do colega desligado, pois afirma que ele foi eleito como dirigente sindical em 26/03/2021.

Entretanto, o Sindicato que encaminhou o ofício anexo não é o sindicato representativo de nossos empregados. Desde setembro de 2020 o STILASP é o sindicato que detém a representação sindical dos empregados da Mondelez.

Dessa forma, o empregado desligado não faz jus à estabilidade provisória decorrente de eleição para cargo de dirigente sindical, pois foi eleito em entidade que não representa o time de merchandising da Mondelez. “

Desde já o SINDPRODEM afirma que a MONDELEZ está desrespeitando o SINDPRODEM e que será feito um Ato de protesto contra a Mondelez por prática de assédio moral e humilhação, e perseguição a dirigente sindical.

 

Assédio Moral

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), 42% dos brasileiros já sofreram assédio moral. Violência psicológica, quase sempre sutil e de difícil comprovação, o assédio moral acontece quando existe a exposição de trabalhadores a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções.

Assim, existe a degradação deliberada das condições de trabalho, marginalizando a vítima, que passa a ser hostilizada, ridicularizada e inferiorizada, com a intenção de fazer com aquela pessoa abra mão do emprego.

O SINDPRODEM DESDE JÁ INFORMA QUE NÃO TEMOS MEDO DE DENÚNCIAR ASSÉDIO MORAL ENVOLVENDO EMPRESAS GRANDES E QUE SEMPRE TOMARÁ AS MEDÍDAS CABÍVEIS!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × três =